terça-feira, 10 de novembro de 2015

Inhotim: Uma Grata Surpresa

Inhotim é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), idealizado pelo empresário mineiro Bernardo de Mello Paz a partir de meados da década de 1980. 

Localiza-se na cidade mineira de Brumadinho, no Vale do Paraopeba, no final do Maciço do Espinhaço e início do Tabuleiro do Oeste, hoje integrando-se à Região Metropolitana de Belo Horizonte.


Diz a lenda que o antigo proprietário daquelas terras chamava-se Timothy, um inglês que se instalou na região no fim do século XIX. Daí ficar conhecido como Sr. Tim, Nhô Tim em bom mineres, que deu origem ao nome da sua fazenda "Inhotim".

Inhotim figurava na minha lista de destinos a conhecer e no feriado de finados/15 fomos conhecê-lo.

Fizemos uma viagem tranquila de moto, percorrendo as curvas e serras da rodovia Fernão Dias, até o acesso para Brumadinho e Sarzedo.

Optamos por nos hospedar em Sarzedo, uma cidade que se mistura com Belo Horizonte, mas com belas paisagens e perto de Brumadinho, vinte e poucos km.

Ficamos na Pousada Lagoa dos Patos, de hospitalidade ímpar, onde é possível sentar-se com o jovem casal Rafael e Marina, para jogar conversa fora, saboreando aquela comidinha deliciosa.

Inhotim é simplesmente fantástico, valeu cada km rodado, é um belo projeto paisagístico e possui um acervo de arte contemporânea de tirar o fôlego.

Recomendo que a visita seja feita em 2 dias, caso contrário você perderá as maravilhas escondidas entre plantas, lagos, pomares e caminhos sem fim.

O local possui excelente infraestrutura, com estacionamento, restaurantes, lanchonetes, banheiros, áreas para descanso e há quem arrisque um cochilo em um dos inúmeros bancos de madeira espalhados pelo local.

  
Recomendo que compre os ingressos via internet, pois em feriados e datas afins, a fila para compra no local é imensa, você vai sorrir por ter pago a taxa de conveniência!!!

Para quem curte caminhar, a dica é fazer a visitação a pé e não com o carrinho. Há ainda a opção de visitas guiadas, com horário pré-fixado.

Optamos por fazer tudo caminhando solitariamente, à moda antiga, com o mapa em mãos e seguindo as dicas da Mariana e Rafael. Acertamos em cheio!!!

Outra dica, se optar por parar para o almoço, não deixe para depois das 12:30h, porque os 2 restaurantes lotam.

Escolhemos almoçar no Restaurante Tamboril, excelente comida servida por preço fechado, sem sobremesas e bebidas. Há uma carta interessante de cervejas, experimente.

Nosso roteiro foi o seguinte: 

dia 1: viagem até Sarzedo
dia 2: visita Inhotim
dia 3: visita Inhotim
dia 4: viagem de retorno

Saiba que Inhotim está na lista dos 25 melhores museus do mundo, organizada pelo TripAdvisor, tendo como companheiro brasileiro apenas o pernambucano Instituto Ricardo Brennant.

Algumas fotos para incentivar a sua visita:



























*Fotos: Viviane Sartorato
Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias
Siga @Estadao no Twitter