terça-feira, 1 de setembro de 2015

Enfim Amanheceu Setembro

Enfim amanheceu setembro, ufa, por um momento achei que agosto não acabaria mais.

Lógico que não é o mês que faz as coisas serem intruncadas, mas nada mal responsabilizá-lo pelas vilanias ocorridas durante seus 31 longos dias, afinal de contas, há que se responsabilizar alguém ou algo, que seja o mês de agosto.

Enfim amanheceu setembro, com o sol brilhando, o calor escaldante para o inverno que se aproxima do fim sem nem mesmo ter chegado, com as chuvas ainda escassas, com as represas muito abaixo dos níveis ideais, com o Rio Atibaia agonizando...

A chegada da primavera produz um efeito psicológico muito bom nas pessoas, é a época do renascimento, da renovação das esperanças, do florir das árvores e o prenúncio de que o verão em breve chegará.

Os dias se fazem mais longos, as noites mais curtas e nessa passagem de agosto para setembro a lua nos brindou maravilhosa, brilhante e altiva no céu.

A passagem do tempo pontuada por dias, meses e anos é fundamental para a renovação das esperanças, fatiar o tempo dessa forma é confortante, veja só, o fim do ano já se aproxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!!