segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Tchau Agosto...

Agosto não me leve a mal, mas que ao menos o seu dia final seja doce, porque vamos combinar que nesse ano você foi muito duro e cruel com os meus amigos queridos, deixou marcas de navalha.

Já se foi a época que agosto era o mês dos ventos uivantes por essas paragens campineiras, o calor bateu forte e sem dó, com o clima seco, derrubando a umidade do ar ainda mais.

Além de ter dificuldades para respirar, precisava ser um mês tão marcante assim? Que mania de ser egoísta e aparecido, eita mês que gosta de não ser esquecido!!!!

Que a esperança nos permeie e traga um setembro de primavera o mês todo, com ventos leves, calor terno e chuvas alvissareiras.

Tchau agosto, você não deixou saudades...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!!