terça-feira, 25 de agosto de 2015

Chove chuva, chove sem parar...

Chove chuva, chove sem parar...

Não sei nas suas pastagens, mas nas minhas a coisa estava feia, há 27 dias não chovia e a primeira coisa que via ao abrir minha janela era a nuvem de terra se movimentando bravamente.

A poeira era tanta que sobre os móveis não se podia passar um pano úmido, sob pena da terra virar lama!!!

A qualidade do ar então...melhor nem comentar.

O pobre rio Atibaia estava sucumbindo com a falta de chuvas e captação excessiva.

Essa chuvarada não resolverá todos os problemas, mas amenizará alguns, mesmo que por alguns dias.

Fantástico é dormir com o barulhinho da chuva caindo nas ruas, batendo nas janelas e o vento balançando as folhas.

Difícil foi sair da cama, a chuva é convidativa para dias de preguiça na cama, com um chazinho confortante e um bolinho de bananas. Pelo menos o bolo eu consegui profeticamente fazer.

A passarada está feliz e cantante, os saguis correndo saltitantes pelos fios, mas os meus cachorros estão amuados dentro de casa, sem poder correr pelo quintal.

A vida é assim, não se pode agradar a todos!!! 

Vamos curtir o som da chuva ao som de "It´s raining again", na voz do Supertramp:





* Foto Viviane Sartorato: 20/08/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!!