segunda-feira, 27 de abril de 2015

Viajando de Moto

As pessoas sempre me perguntam como é fazer uma viagem de moto e sempre respondo que é muito legal e divertido.

"E o secador de cabelos? ". Ora, para isso existem os hotéis, escolha um bacana que certamente terá esse item.

" A maquiagem não derrete na mala?". Vamos combinar que passar o dia com a cabeça dentro do capacete não requer muita maquiagem, logo para que levar um kit muito numeroso? 

"Não cansa?". Lógico que cansa, mas ficar dentro de um avião por 8h cansa tanto quanto e ainda não se é possível apreciar tanto a paisagem, parar para um pit stop e fazer umas fotos maneiras.

Agora a pergunta campeã é "como você faz com as malas?". Confesso que não entendo muito essa histeria por causa das malas, é a mesma coisa que em qualquer outra viagem.

O ponto fundamental de qualquer bom viageiro, independente do meio de transporte, é o bom senso em relação a quantidade de coisas que vai levar.

De moto não basta bom senso, é preciso exercitar o desapego. 

Seria muito interessante para o futuro sustentável do planeta que todas as pessoas fizessem viagens de moto, com isso aprenderiam que não é preciso levar muita coisa para viajar.

Pode puxar pela memória que em toda viagem que você faz com aquelas malas gigantes, você não usa mais de 50% do que levou.

Não precisa ser muito esperto para entender que se não usou, não deveria ter levado.

Não me venha com a velha máxima "mas se eu precisar e não tiver levado?". Você não vai precisar, aceite com humildade de que precisamos de muito pouco para viver.

E se eventualmente for imprescindível algum item que você não levou, compre, mas só se realmente não conseguir seguir viagem sem o item.

Mulher, via de regra, tem mania de levar trocentos sapatos para viajar. Caia na real, adeque seus calçados ao tipo de lugar e clima que encontrará, com isso para uma viagem de até 15 dias você provavelmente precisará de apenas 3 pares para situações diferentes.

É preciso lembrar que em férias o que se quer é conforto, então não invente moda, levando montanhas de roupas que não combinam entre si, que precisam de acessórios diferentes e coisas do tipo.

Prepare suas roupas com base no tipo de passeio que fará, com isso você pode escolher 2 cores para serem o centro das atenções e combinar todo o vestuário entre si, sem que se tenha a sensação da repetição de roupas.

Outra coisa é escolher tecidos que não amassam muito e fáceis de lavar/secar, se precisar lave a noite e de manhã estará seco.

Bom, tudo isso para dizer que dá para ser muito feliz viajando de moto e com pouca bagagem e muita experiência para viver, lembrar e contar.

Pratique o desapego e viva mais e melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!!