segunda-feira, 1 de abril de 2013

Cidades Arborizadas

Quem gosta de caminhar ao ar livre sente muito os efeitos do calor e das temperaturas altas, mesmo no Outono, quem dirá nos dias mais quentes do Verão.

O Brasil é um país rico em áreas de plantio e cultivo de lavouras, mas vem perdendo gradativamente suas áreas verdes de matas e bosques, mantendo-se a muito custos as áreas de reservas ambientais e legais.

Temos muito espaço, mas a ideia desenvolvimentista toma conta das grandes cidades, que perdem seus espaços verdes para espaços áridos de concreto e construções, que outrora já foi sinal do desenvolvimento.

Ainda estamos aprendendo a valorizar nossas matas e florestas, criarmos bosques e áreas reservadas como praças, parques, pequenos bosques, etc.

É comum andarmos pelas grandes cidades e vermos árvores antigas, muitas delas  centenárias, mas abandonadas, sem cuidado, gerando riscos à população.

Já nas cidades médias e pequenas, as áreas verdes urbanizadas também perdem espaço para o desenvolvimento, uma contradição em si mesmo.

A ideia não é ser ecochata, mas apenas chamar a atenção para o fato de que precisamos ter espaços destinados ao plantio de árvores, não apenas para manter o equilíbrio verde nas cidades, mas para termos áreas de absorção de calor e água, simples assim.

Toda vez que viajo para fora do país percebo como essas áreas urbanizadas são importantes para o turista caminhante e não sou apenas eu que percebo isso, mas muita gente, acredite.

Pensando nisso, sabe aquela história de que todo mundo deveria plantar pelo menos uma árvore durante a vida? Pois é, não é assim tão simples sair plantando árvores por aí, é preciso saber qual a espécie se adapta melhor ao ambiente, às condições urbanas do local, etc.

A Prefeitura Municipal de Campinas disponibiliza em seu site algumas informações úteis e necessárias para quem quer começar a cultivar esse hábito ou apenas entender mais sobre o assunto, clique aqui e descubra.

Não basta ter árvores, bosques, praças e pomares, é preciso cuidar das plantas, com podas,   regas, adubos, etc. 

Se em sua casa, jardim, quintal...tem um bom espaço para ser preenchido com árvores, estude a ideia do plantio consciente e faça a sua parte.

* Foto Viviane Sartorato: Parque Nacional do Iguaçu/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!!