quarta-feira, 6 de março de 2013

Novidades no Range Rover Evoque: Transmissão Automática de 9 Marchas


Quem curte pilotar carros, dirigir de verdade, tem reservas quanto as carros com câmbio automático, muito embora existam modelos muito bons nesse quesito.

É sempre chata a retomada de velocidade, aquele barulhinho chato do “passando” as marchas e coisas do tipo.

Penso nisso e em tantas outras coisas, as empresas investem em pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias, que aliem alto desempenho, economia de combustível e o prazer de dirigir um veículo automático.

A marca Land Rover apresentou no salão do automóvel de Genebra seu mais novo modelo do Range Rover Evoque, equipada com câmbio automático de 9 marchas, é isso mesmo, novidade quentíssima, 9 marchas.

O modelo entrará na linha de produção europeia em setembro e promete desembarcar aqui até o fim do ano.

Tudo bem se você não tem um Evoque, mas o modelo até então apresentado no mercado possui câmbio automático de 6 marchas, a nova transmissão com 9 marchas foi desenvolvida pela alemã ZF e ao que anunciaram será o primeiro no mundo a possuir de série a nova transmissão.

Lembrando, para os simples mortais que não têm um Evoque, na prática o que significará esse avanço tecnológico?

Por partes meu caro Jack, primeiro representará uma economia de consumo na ordem de 4% sem o sistema start-stop e de 11% com o sistema.

Start-stop é o sistema que o veículo possui que identifica automaticamente quando o veículo fica parado no trânsito ou em outras situações e desliga automaticamente o motor, básico e prático!

Os parceiros Land Rover e ZF também apregoam que com a nova transmissão a relação de marchas fica mais curta, proporcionando uma real evolução na qualidade da trocas das marchas, com melhora na resposta nas acelerações e redução de ruídos em velocidade de cruzeiro.

Atestar tudo isso vai exigir um longo test drive!!!

O novo sistema de transmissão ainda permite que se use peças de engrenagens pequenas, justamente por conta da particularidade das novas nove etapas de engrenagens, que trocando em miúdos, proporciona mais conforto na condução, garantindo, ainda, que o motor funcione sempre na faixa de rotação mais econômica.

Outra novidade interessante e muito útil é que o sistema possui um recurso que permitirá a redução de marchas em saltos, ou seja, naquelas situações que se exige a redução rápida e brusca de marchas, mas que o câmbio automático dificulta as coisas, então, o recurso fará o salto de marchas, por exemplo, da 8ª para a 4ª marcha.

A promessa é que essa redução seja mais suave, mais rápida, gastando menos combustível.

Não acabam aqui as novidades, ainda será possível que a transmissão corte a aceleração quando detectar que o motor já atingiu a rotação ideal para o torque entregue.

Enfim, mimos maravilhosos fruto de muita pesquisa, desenvolvimento e tecnologia, que demorou desde a concepção do conceito até a industrialização final cinco anos e meio.

Reservo-me o direito de não falar em preços, esse é um assunto de menor importância diante de tantas novidades e mimos oferecidos no novo modelo do Range Rover Evoque.

Fotos: Luis Fernando Ramos/G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!!