terça-feira, 26 de março de 2013

Entre Ades, Bombom de Guaraná e Bom Ladrão...

Pérolas da Vida Moderna não faltam, ainda mais em tempos de informação em tempo real, é cada uma que se vê, que as vezes fico pensando como coisas assim acontecem, mas fato é que acontecem.

Nem bem esfriou o caso Ades e uma consumidora carioca encontrou um bichinho intruso em seu bombom da Cacau Show, edição limitada, como mostra a foto tirada pela própria consumidora.


Se é montagem ou não, sorry, não tenho expertise para atestar, mas a foto fala por si e impressiona.

A consumidora Raquel Cristina Carneiro Xavier tirou a foto acima e enviou para o VC G1, que divulgou o fato, detalhes leiam o artigo do G1.

Lógico que o fabricante reagiu rapidamente com uma nota sobre o caso, ressaltando que o produto é perecível e é um caso isolado, etc, etc, etc., mas muitas vezes esquecemos que chocolates, principalmente os recheados, perecem e devemos observar não apenas seu prazo de validade, mas as características físicas da embalagem e do produto no momento da compra e do consumo.

Com a Páscoa chegando, cresce muito a busca por produtos feitos com chocolate e o risco de contaminação está presente em produtos industrializados e artesanais, fique atenta.

Outra que me impressionou foi o ladrão de Porto Alegre que furtou uma residência, levando TV nova e a bolsa com documentos pessoais da moradora e, claro, cartões de crédito e banco.

Alguns poucos dias após o furto o bom ladrão se arrependeu e fez um bilhete meigo pedindo desculpas pelo ocorrido, bem como devolvendo os documentos, mas a TV não, porque arrependimento tem limite e os filhos, motivo do furto, provavelmente querem ver TV.

Vejam o vídeo da RBS TV:


Vamos deixar de comentar os erros de português do bilhetinho!!!

O que mais falta acontecer?

*Foto Raquel Cristina Carneiro Xavier

Impostos e Buracos nas Ruas

O brasileiro é muito criativo e bem humorado, isso é fato, vejam o exemplo do que picharam em dois buracos no asfalto de uma rua do bairro Taquaral, em Campinas/SP:


Desconhecido o autor da pichação, mas merecedor de um prêmio pela criatividade e pela forma de chamar a atenção do poder público para as condições lastimáveis das ruas da cidade, que além de sofrerem com a temporada de chuvas, são descuidadas.

Os buracos foram batizados de IPTU e IPVA, ou irmãos gêmeos!

Para quem não sabe, o IPTU é um imposto de competência e arrecadação exclusiva do município, incidindo sobre a propriedade territorial urbana.

Já o IPVA é de competência estadual e incide sobre a propriedade de veículos automotores, mas um percentual expressivo de sua arrecadação é distribuída aos municípios onde os veículos são emplacados.

Bom, a intenção não é dar uma aula tributária, mas sim compartilhar os problemas, já que ruas descuidadas não são exclusividade da cidade de Campinas/SP, muitas cidades enfrentam problemas semelhantes e muitas vezes até piores.

Uma coisa é certa, os reparos e manutenções não são feitos não por falta de verba, mas por má distribuição da mesma e muitas vezes pela máquina corrupta da administração municipal, que tem muito menos visibilidade sob o ponto de vista da fiscalização pelos TCE´s e pelo próprio cidadão, que elege seus representantes.

Depois da repercussão, a Prefeitura de Campinas/SP anunciou que visitará o local para providenciar os reparos necessários.

É isso aí, quem não chora, não mama, já diz o ditado!!!

Foto: Dominique Torquato AAN

segunda-feira, 25 de março de 2013

Moda e Sua Cadeia Produtiva

Consciência faz parte da vida ou pelo menos deveria fazer! Mas ainda tem muita gente que vive de aparência e sem noção alguma do que acontece além do seu próprio umbigo, exagero?!

Muito interessante e oportuna a fiscalização do Ministério do Trabalho em São Paulo, feita  semana passada em oficina de costura, usando mão-de-obra boliviana em condições degradantes.

Quem acompanha noticiário viu em plena semana de SPFW o que acontece em oficinas de costura que usam mão-de-obra similares à escrava, não pense que esse caso é único, muitos ainda estão escondidos por aí.

Quem costuma circular pelo Bom Retira, Brás, Centro de São Paulo no fim de semana já está habituado há anos com a presença esmagadora de bolivianos circulando com os rebentos pelos bairros, mas durante os dias úteis pouco se vê desse contingente de trabalhadores quase escravos.

A TV Folha fez uma matéria muito interessante sobre o assunto, chamando a atenção para a cadeia produtiva do mundo da moda, mas afinal de contas o que eu tenho a ver com isso?

Tudo a ver, cara pálida, a ponta final da cadeia é o consumidor, faça valer as regras trabalhistas e valores éticos a cada opção de compra, assim você contribui muito mais com o término da desigualdade social.

Assista à matéria e pense no seu papel nessa cadeia.


quarta-feira, 20 de março de 2013

Inverno 2013 e Sapatos Creepers

Em semana de SPFW o assunto acaba sendo meio óbvio, mas como o calor deu uma trégua e a temperatura resolveu cair um pouco, vamos falar do que está por vir para a temporada de inverno e deixamos o verão para mais tarde.

As fashionistas de plantão já estão de olho e com os pés na nova tendência, os creepers, é isso mesmo, uma sapato que tem uma pegada que mistura os sapatos oxford com tênis de solados de borracha.



Parece meio bizarro, mas é uma forte tendência para o inverno, já que 9 em cada 10 grifes de acessórios e sapatos trouxeram o esquisitão sapato em suas coleções de inverno.


Quem lançou a moda foi nada mais nada menos do que Karl Langerfeld no desfile de resort 2013 da Chanel, pronto, foi o que faltava para criar um furor entre celebs e fashionistas.

Mas não pense você que os creepers são novidades, nada disso, foram criados durante a Segunda Guerra Mundial e eram usados por soldados ingleses no norte da África, daí a necessidade de um solado resistente ao clima árido.

Da necessidade caiu no ostracismo, mas foi resgatado nos anos 70 pela turma underground, que queria mostrar seu estilo e criar moda, mas novamente caiu no esquecimento, com algumas retomadas de década em década. 

Particularmente me lembro do creeper como tendência há  mais de uma década atrás, que acabou não pegando, mas como tudo na moda, vai e volta, o tal creeper não foi diferente.

A diferença agora são os materiais usados, que são mais leves, com texturas e acabamentos mais charmosos, mas o soladão de borracha se mantém firme e forte.

Tenho um modelo básico de creeper, que por preguiça ou saudosismo nunca me desfiz, decisão acertada, agora vou poder usá-lo, mas o meu é dos antigos, de lona, com solado branco e dos bem pesados, quase vale por uma caneleira em uma aula de ginástica!!!!

Agora vamos combinar que o creeper é muito esquisito, não é tão fácil assim de incluí-lo com graça nas produções, mesmo nas de inverno, então muito cuidado para não pagar de moderninha e ficar com o mico nos pés, fashion e micada!!!!


* Fotos: Barratts Shoes, Polyvore e Chanel.

segunda-feira, 11 de março de 2013

SticknFind: Para Quem Perde Tudo

Esta pode ser uma solução muito prática e útil para aquelas pessoas que perdem tudo, principalmente dentro de casa.

A tecnologia realmente é capaz de coisas que antes nem mesmo imaginávamos, ainda bem que superam até a mais criativa das imaginações !!!

Jon Mitts inventou esse objeto adesivo que mais se parece com um botão, que se gruda facilmente em diferentes objetos como chaves, óculos, coleiras de animais de estimação, controles remoto e tantas outras coisas que perdemos com tanta facilidade.

O SticknFind funciona muito bem porque possui um sistema com bluetooth, que conectado ao seu celular via aplicativo específico, mostra na tela um radar com a posição do objeto perdido em um raio de 30m.

Para muitos essa pode ser a solução para os objetos perdidos, basta um adesivo e um celular para localiza-lo, sem dramas ou stress.

Abaixo um vídeo sobre a novidade:





O produto pode ser utilizado tanto iOS quanto para Android, as opções de cores são variadas, podendo ser comprado em conjunto com inicialmente 2 peças adesivas por US$ 49.00, chagando a US$ 400.00 para 20 peças.



Nem preciso dizer que ainda não está disponível por aqui, mas é possível fazer a compra por internet, no site oficial do produto, o inconveniente é o frete, que sempre é caríssimo tendo como origem os EUA.

Outra opção é você efetuar a compra por internet e mandar entregar em um endereço dos EUA, na casa de um amigo ou no hotel em que se hospedará nas próximas férias ou, ainda, pedir para alguém que vá para lá comprar para você.

É sempre bom lembrar que em casos de aquisições diretas via site, o preço contempla o frete, mas não os tributos incidentes na importação, que em remessa expressa normalmente é de 60% do total, incluindo frete.

Outro ponto importante pesar nessa balança de consumo é a garantia do produto.



domingo, 10 de março de 2013

Inspiração Básica e Elegante: Miu Miu Outono/Inverno 2013

Ainda na onda da coleção Outono/Inverno Miu Miu 2013, veja outra inspiração bem bacana de look com poás, lencinho e tubinho básico.

Difícil errar com tantas referências básicas e elegantes.


sábado, 9 de março de 2013

A Perfeita Dona de Casa Anna Wintour


Anna Wintour, a poderosa editora chefe da revista Vogue Americana, foi mais uma vez ilustrada, dessa vez o artista foi o ilustrador alemão Matthias Seifarth.

Matthias Seifarth utilizou a figura poderosa de Anna Wintour em um criativo, sarcástico e divertido editorial intitulado “ That´s our Anna”.

Na visão do ilustrador alemão, que vive em Berlin, Anna é a personagem principal e executora de tarefas rotineiras de donas de casas e tantas outras mulheres com jornada dupla ou tripla, cuidando da casa, esfregando o chão, pendurando roupas no varal, passando roupas, amamentando, etc.






O multifuncional artista e designer Alexsandro Palombo é outro que emprega no Humor Chic com muita criatividade e bom humor a figura da toda poderosa do mundo da moda.

Mas digamos assim que Matthias foi mais generoso com Anna Wintour, pelo menos no traço da ilustração, transmitindo um certo ar angelical e frágil.

sexta-feira, 8 de março de 2013

Nada Como Rodar Na Pista Em Grande Estilo: de Ferrari 458 Spider



Não adianta ter um super carro, isso não faz do seu motorista um bom piloto, que o diga o motorista da Ferrari 458 Spider aí do vídeo.

Em sua primeira viagem na poderosa Ferrari, o motorista, ao tentar fazer uma ultrapassagem com a pista molhada, perdeu o controle do carro e foi parar apenas no guard- rail.

Acidentes acontecem com todos, mas veja no vídeo que o carro que estava atrás e começou a filmagem, ultrapassa tranquilamente a Ferrari 458 Spider, quando seu motorista provavelmente ao ver que estava sendo filmado foi atrás, todo "fudsboy" e pagou o maior mico, sem contar no prejuízo.

A rodada aconteceu em uma estrada do distrito de Japigia, logo no país da Ferrari, pobre italianinho com sua poderosa e rodopiante Ferrari 458 Spider, foi parar além de no guard-rail, nas manchetes dos jornais e ganhou o mundo via internet.

Outdoor: Uma Fonte de Água Potável


Algumas ideias e atitudes realmente merecem ser reconhecidas e divulgadas, essas achei brilhante.

A agência de publicidade Mayo DraftFCB ciente do problema da cidade de Lima, no Peru, que sofre com a escassez de água potável, desenvolveu em parceria com pesquisadores da Universidade de Engenharia e Tecnologia de Lima um sistema que permite filtrar a água do ar e fornece-la à população em um outdoor.

É isso mesmo, Lima, muito embora localiza-se em uma região desértica, possui umidade do ar média de 98%, engraçado estar em uma cidade em área de deserto e ter uma umidade do ar tão alta.

O problema não é a escassez de fontes de água, mas sim o seu tratamento e tantas outras coisas, pensando nisso, a agência instalou um outdoor que pode ser acionado pelas pessoas que passam por ele e captam água potável, enchem suas garrafinhas, tomam um belo copo de água.

O sistema possui um tanque que armazena 95 litros de água potável e pronta para o consumo. O outdoor é sustentado por um poste, que em sua base possui uma torneira e assim qualquer um pode ter água fresquinha, direto da "fonte".

Vamos combinar que a ideia e a atitude foram fantásticas, não apenas chamando a atenção das pessoas e autoridades para o problema da falta de água potável, como a solução pode ser adotada de forma a atender políticas públicas.


quarta-feira, 6 de março de 2013

Fall/Winter 2013 2014 Louis Vuitton



Louis Vuitton apresentou hoje na Paris Fashion Week sua coleção Fall/Winter 2013 - 2014, um show a parte a produção do evento, mostrando originalidade e criatividade, além do bom gosto clássico da marca.

A paleta de cores acaba denunciando o que irá pegar por aqui na próxima temporada.

Os cortes da LV são sempre impecáveis, desta vez não foi diferente.

Outro ponto forte foi a apresentação das malas e acessórios, que dão um charme todo especial à composição dos looks.

Indiscutível o bom gosto, mas ser adepta da LV no Brasil é praticamente impossível, ou para poucas, os preços são muito altos, mesmo para quem se aventura a fazer compras no exterior, mas isso não significa que não possamos apreciar.

Um Pouco da Miu Miu Outono Inverno 2013


A coleção da Miu Miu outono/inverno 2013 foi lançada e tem muita coisa interessante no que diz respeito a referência, pode acreditar e conferir.

Muitos poás, de todas as cores e muitos lencinhos no pescoço, dando um ar mais retrô, mas com uma pegada moderna, já que as cores são fortes e o corte diferenciado.

O que me chamou mais a atenção foram os sapatos, bem ao estilo “cheguei”, mas que usados com estilo e moderação podem compor um visual marcante, moderno e bonito.



Com o calor deste verão no hemisfério sul é difícil pensar em botas, sapatos fechados e meias, mas sempre são referências e tendências para a estação mais fria do ano, que por aqui chegará em breve.

Veja o que acha do designer, colorido, proporção e se inspire na montagem do seu visual.

Novidades no Range Rover Evoque: Transmissão Automática de 9 Marchas


Quem curte pilotar carros, dirigir de verdade, tem reservas quanto as carros com câmbio automático, muito embora existam modelos muito bons nesse quesito.

É sempre chata a retomada de velocidade, aquele barulhinho chato do “passando” as marchas e coisas do tipo.

Penso nisso e em tantas outras coisas, as empresas investem em pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias, que aliem alto desempenho, economia de combustível e o prazer de dirigir um veículo automático.

A marca Land Rover apresentou no salão do automóvel de Genebra seu mais novo modelo do Range Rover Evoque, equipada com câmbio automático de 9 marchas, é isso mesmo, novidade quentíssima, 9 marchas.

O modelo entrará na linha de produção europeia em setembro e promete desembarcar aqui até o fim do ano.

Tudo bem se você não tem um Evoque, mas o modelo até então apresentado no mercado possui câmbio automático de 6 marchas, a nova transmissão com 9 marchas foi desenvolvida pela alemã ZF e ao que anunciaram será o primeiro no mundo a possuir de série a nova transmissão.

Lembrando, para os simples mortais que não têm um Evoque, na prática o que significará esse avanço tecnológico?

Por partes meu caro Jack, primeiro representará uma economia de consumo na ordem de 4% sem o sistema start-stop e de 11% com o sistema.

Start-stop é o sistema que o veículo possui que identifica automaticamente quando o veículo fica parado no trânsito ou em outras situações e desliga automaticamente o motor, básico e prático!

Os parceiros Land Rover e ZF também apregoam que com a nova transmissão a relação de marchas fica mais curta, proporcionando uma real evolução na qualidade da trocas das marchas, com melhora na resposta nas acelerações e redução de ruídos em velocidade de cruzeiro.

Atestar tudo isso vai exigir um longo test drive!!!

O novo sistema de transmissão ainda permite que se use peças de engrenagens pequenas, justamente por conta da particularidade das novas nove etapas de engrenagens, que trocando em miúdos, proporciona mais conforto na condução, garantindo, ainda, que o motor funcione sempre na faixa de rotação mais econômica.

Outra novidade interessante e muito útil é que o sistema possui um recurso que permitirá a redução de marchas em saltos, ou seja, naquelas situações que se exige a redução rápida e brusca de marchas, mas que o câmbio automático dificulta as coisas, então, o recurso fará o salto de marchas, por exemplo, da 8ª para a 4ª marcha.

A promessa é que essa redução seja mais suave, mais rápida, gastando menos combustível.

Não acabam aqui as novidades, ainda será possível que a transmissão corte a aceleração quando detectar que o motor já atingiu a rotação ideal para o torque entregue.

Enfim, mimos maravilhosos fruto de muita pesquisa, desenvolvimento e tecnologia, que demorou desde a concepção do conceito até a industrialização final cinco anos e meio.

Reservo-me o direito de não falar em preços, esse é um assunto de menor importância diante de tantas novidades e mimos oferecidos no novo modelo do Range Rover Evoque.

Fotos: Luis Fernando Ramos/G1