segunda-feira, 25 de julho de 2011

Algo está muito errado nesse mundo, a Noruega sofre ataques que vitimam mais de 60 pessoas e ninguém sabe ao certo o que motivou o tal sujeito a cometer essa barbárie.

Amy morreu, crônica de uma morte anunciada, como bem escreveu Gabriel Garcia Márquez, mas fato é que mesmo com o estilo de vida que ela levava, é uma judiação uma pessoa tão nova e talentosa tomar atitudes que resultam em morte.

A seleção Uruguaia ganhou a Copa América, é a Celeste brilhando em azul e branco, resultado que agradou muita gente, principalmente os uruguaios que tomaram conta de Buenos Aires.

O dólar só faz despencar, os EUA na pindaíba, bem pertinho de um calote generalizado, desses que se chamam de moratória, nominho mais bonito e que me lembro muito bem na infância de ouvir, mas associado ao Brasil.

Crise na zona do euro, os europeus fazem as contas para saber o tamanho do rombo e não permitir que a economia do bloco entre em colapso.

É muita coisa mesmo...eu fico aqui pensando que mundo é esse, porque o que mais me chocou disso tudo foi o acontecido trágico na Noruega, mas o que mais a mídia noticia é a morte de Amy.

Os valores estão mesmo invertidos, vivemos em um mundo onde a celebridade vale mais, vende mais, dá mais ibope, é a banalização da vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!!