quinta-feira, 28 de julho de 2011

Abertura dos Portos às Nações Amigas

Eu sou da geração dos caras pintadas, saí nas ruas nas manifestações pelo Impeachment do Collor, foi uma loucura, mas dia desses estava pensando cá com meus botões e me bateu um peso enorme na consciência.

Calma, eu explico: cada vez que posso comprar nos supermercados produtos importados me lembro que devemos a ele, cada vez que vejo os lançamentos de carros de montadoras que até os anos 90 não podiam nem chegar perto do Brasil lembro dele, acho que podemos dizer que foi ele quem efetivamente abriu os portos às nações amigas !

Outro dia falando dessa minha tese ouvi que isso é fruto do mundo globalizado. Discordo, vivemos sim em um mundo globalizado, mas em Cuba a globalizações é uma teoria.

Não é apenas uma questão de globalização, mas de postura política e econômica, não sou especialista no assunto, mas sou cidadã, consumidora e observadora.

Então cada vez que como meu queijinho camembert francês me lembro o quanto é importante a abertura do comércio exterior, agora em tempos de dólar derretendo é mais gostoso ainda.

Pena que essa abertura do comércio exterior provoque efeitos tão contraditórios, porque pode proporcionar a alegria do consumidor, mas também pode proporcionar a desgraça de muitas indústrias nacionais, que não conseguem competitividade frente ao produto importado, mas essa é uma outra história.

terça-feira, 26 de julho de 2011

MAC na Onda dos Tons Pastel

Falamos recentemente que as cores dos lançamentos de esmaltes estavam mais discretas, seguindo uma tendência de tons pastel, com muitas opções para lavanda e nessa linha a MAC lançou nos EUA sua coleção para a Primavera no hemisfério Norte, é a Quite Cute.

São 3 opções de cores de esmaltes: Ice Cream Cake, Little Girl Type e Mischievous Mint.


O Ice Cream Cake é a cor mais acesa da coleção, dando um charme a mais para as que preferem tons mais fortes, que combinam muito bem com peles mais morenas.

O Little Girl Type é o mais mocinha de todas as cores, forte tendência para o Verão e já nas mãos das fashonistas de plantão no hemisfério Norte. 

Olhando assim o Mischievous Mint lembra o Jade da Chanel, mas é preciso ver o efeito em cada mão, porque o tom de pele pode mudar muito a cor do esmalte.

A coleção não vem apenas com 3 esmaltes, tem ainda batons, gloss, blushes, quarteto de sombras e cílios postiços, todos seguindo a proposta da coleção, que é muito meiga e mocinha, vejam só:



Mini Cooper: Taste Me

Maria Gasolina é duro!!! Apelido de infância, já que ao entrar no carro e rodar parava de chorar e ao chegar em casa começava de novo, é ...chorei muito na infância, deixei minha mãe e meus avós loucos, mas parei aos 3 anos, a paixão por carros continuou.

Se você me falar “passei de carro por você e nem me viu...” não se assuste, sou assim mesmo, se você estiver em um carro, digamos assim... normal, não vou ver nem o carro e muito menos você, mas se passar em um carro, digamos assim...diferente, vou ver o carro e continuar não te vendo.

Fazer o quê? Gosto de carros, quem gosta de gente é cachorro, os meus por exemplo, adoram gente, mas não gostam de outros cachorros, vai entender.

Voltando, carro é uma paixão, quem gosta faz loucuras por eles, aquelas coisas do tipo andar centenas de quilômetros para ir a uma exposição, guardar cada centavo para comprar o modelo dos seus sonhos e assim vai.

Não nasci de carro, mas bem que podia...enfim, acompanho os lançamentos, mantenho-me informada sobre os modelos que mais estão agradando o público, tenho minhas marcas e modelos preferidos e também faço maluquices por eles.

Dia desses fui até Sampa conhecer o Mini Cooper, valeu a pena, o carro é realmente uma beleza, só a loja já é um show a parte, nada do padrão de concessionária que estamos acostumados.

Tem Mini para quase todos os bolsos, já que o modelo de entrada é o Mini One e tem o preço de R$ 70 mil. Ele é lindo como os demais, não deixa a desejar no acabamento e ainda pode-se usar toda a linha de acessórios para customizá-lo, o preço aumenta, mas a satisfação também.
Um Mini não se testa, não se faz test drive, mas sim taste me, amei o slogan, realmente é um sabor incrível dirigir o carrinho.

Experimentei duas versões, o Mini One, que tem 98 HP, câmbio manual de 6 marchas e responde bem, um carro a se pensar em saborear, não é o que se chama de classe econômica da linha, é apenas o mais barato.

O Mini S com 175 HP não é de se pensar, é de se amar...o carro é magnífico, tanto no acabamento, quanto no motor, no câmbio automático de 6 marchas e de quebra comandos no volante, nos acessórios com inúmeras possibilidades de customização, só o preço é que não agrada muito, R$ 130 mil.

Os Minis têm uma característica interessante, não importa quantos HP tenham, o motor sempre é 1.6, mas nem por isso é fraco, como podem pensar os menos avisados.

O que mais me chama atenção na marca é o designer retrô, com seu charme e encantos tecnológicos, um carro para chamar de seu, quer dizer, de meu!!!!

Depois de pilotar o Mini S me senti meio tristinha, não quis experimentar o Mini Chilli para não perder o encanto, mas também não pensei em encarar o Mini John Cooper Works, aí já seria demais para o meu pobre coração.

Visitei a Catalbiano Mini Cooper, da Eusébio Matoso, excelente atendimento, equipe simpática e preparada, a vendedora Sabrina é linda e muito atenciosa, o vendedor Wagner também nos atendeu muito bem na linha de semi novos, mas o show man é o Gilson, o cara do taste me, fazer o percurso com ele é realmente a diferença, pisar no acelerador sem dó e com emoção, isso sim não tem preço.



Lógico que ir até Sampa para ver o Mini foi ótimo, mas já estava lá mesmo, então fomos curtir as delícias da cidade, um bom almoço no Folha de Uva e a exposição de fotos da família real brasileira "Retratos do Império e do Exílio"  no Instituto Moreira Salles, pronto, programação completa para um sábado.

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Algo está muito errado nesse mundo, a Noruega sofre ataques que vitimam mais de 60 pessoas e ninguém sabe ao certo o que motivou o tal sujeito a cometer essa barbárie.

Amy morreu, crônica de uma morte anunciada, como bem escreveu Gabriel Garcia Márquez, mas fato é que mesmo com o estilo de vida que ela levava, é uma judiação uma pessoa tão nova e talentosa tomar atitudes que resultam em morte.

A seleção Uruguaia ganhou a Copa América, é a Celeste brilhando em azul e branco, resultado que agradou muita gente, principalmente os uruguaios que tomaram conta de Buenos Aires.

O dólar só faz despencar, os EUA na pindaíba, bem pertinho de um calote generalizado, desses que se chamam de moratória, nominho mais bonito e que me lembro muito bem na infância de ouvir, mas associado ao Brasil.

Crise na zona do euro, os europeus fazem as contas para saber o tamanho do rombo e não permitir que a economia do bloco entre em colapso.

É muita coisa mesmo...eu fico aqui pensando que mundo é esse, porque o que mais me chocou disso tudo foi o acontecido trágico na Noruega, mas o que mais a mídia noticia é a morte de Amy.

Os valores estão mesmo invertidos, vivemos em um mundo onde a celebridade vale mais, vende mais, dá mais ibope, é a banalização da vida.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Sephora Vem Aí...










A tradicional loja de maquiagem Sephora, do grupo LVMH, que adquiriu a loja virtual Sack´s, abre as portas de suas duas lojas em março de 2012, uma em São Paulo, no Shopping Morumbi e a outra no Rio de Janeiro, no Barra Shopping.

Com isso as brasileiras poderão ter ao seu alcance a variedade da loja internacional, resta-nos saber se os preços praticados nas lojas brasileiras serão tão atrativos quanto os praticados no exterior, em breve saberemos.

As duas capitais escolhidas para ter as primeiras lojas Sephora serão um termômetro do mercado que a Sephora tem a desbravar em um país que cresce e aparece como vitrine para as grandes marcas investirem.

Com o tempo a loja virtual Sack´s será substituída pelo comércio eletrônico da Sephora, padronizando o e-commerce da marca no Brasil.

terça-feira, 19 de julho de 2011

Um Pouquinho da França na sua Mesa

A França desperta o interesse de muita gente, seja pelo turismo, pelos vinhos ou pela gastronomia, mas é fato que a sua capital Paris é uma unanimidade.

O verão na Europa proporciona excelentes momentos, principalmente em Paris, às margens do Senna é possível passear, apreciar arte nas feirinhas, um bom sorvete, cerveja gelada, enfim, opções não faltam.

O meu programa preferido é fazer um pic-nic nos jardins do Louvre ou nos jardins de Tulerrie, lugares perfeitos, com um cenário maravilhoso, com muito verde, cercado por pontos turísticos, com muita gente bonita.

Comer na Europa não é difícil, mas os preços em Euro não são tão apetitosos quanto os pratos e iguarias servidas, mas mesmo assim é possível provar pratos típicos, sem comprometer as finanças.

Uma excelente opção de lanchinho típico francês é o Croque Monsieur, encontrado nos melhores cafés franceses.

A sua origem, segundo a Enciclopédia Larousse Gastronomique, veio do verão de 1910, quando foi servido o primeiro Croque Monsieur, o engraçado é que foi em um bar inglês chamado Le Trou dans le Mur, que ficava no Boulevard des Capucines, em Paris. De inspiração anglo-saxônica, o Croque Monsieur é uma adaptação, digamos assim, melhorada do Welsh Rarebit inglês, e a principal diferença é o acréscimo do presunto na receita francesa.

Croque em francês significa estalar nos dentes e Monsieur significa senhor, ou seja, o senhor que estala nos dentes e esse é bem o sentido do lanchinho, porque é crocante, estala ao ser mordido e é uma delícia.

A receita tradicional do Croque Monsieur é simples, seria mais ou menos o nosso misto quente, mas nada como um toque de mestre francês para dar um certo requinte e charme ao prato, foi o que Claude Troigros fez, servindo para sua convidada a escritora Martha Medeiros o Croque Monsieur com champignos, é de dar água na boca!!!!


Croque Monsieur Champignons - Receita de Claude Troigros

Champignons:

4 shiitakes grandes fatiados
8 cogumelos paris fatiados
1 col her de sopa de cebola picada
1 colher  de sopa de manteiga

Molho branco:

30grs de manteiga
30grs de farinha de trigo
375ml de leite
Noz moscada
Sal
Pimenta

Para o Croque Monsieur:

8 fatias de pão de forma
400grs de molho branco
4 fatias de presunto
4 fatias de queijo gruyere o tipo suíço
200grs de queijo tipo suíço ralado

Preparo:

Corte os cogumelos de paris em fatias grossas, acrescente manteiga na frigideira, coloque a cebola roxa picada e coloque os cogumelos. Quando estiverem dourados, adicione sal e pimenta do reino moída na hora.

Em outra panela, coloque manteiga e deixe derreter. Adicione farinha de trigo e misture. Vá acrescentando o leite quente e mexendo. Coloque um pouquinho de sal e pimenta do reino. Rale um pouco de noz moscada em cima e mexa. Junte os cogumelos tostados ao molho e misture novamente. Retire o molho e coloque-o em uma travessa.

Passe manteiga em um lado do pão de forma e toste dos dois lados. Do lado que passou manteiga ponha o molho branco. Acrescente presunto e queijo gruyere fatiado. Passe o molho branco na outra fatia do pão e forme um sanduíche. Coloque mais um pouco de molho branco na parte de cima do pão e adicione bastante queijo gruyere ralado. Leve ao forno por 10/15 minutos para gratinar. Retire e sirva.

Uma opção é usar o brioche ao invés do pão de forma, também fica uma delícia e para gratinar usar o queijo parmesão, que fica bem crocante.


É um lanche que vale por uma refeição, com um toque francês de requinte. Um vinho branco é a bebida ideal, escolha o que mais te agrada e bon  appétit.

Inverno Seco

Que eu prefiro o calor ao frio não há dúvidas, mas daí a esses dias quentes em pleno inverno com a umidade relativa do ar tão baixa é o fim da picada.

São várias estações em um único dia, tem que ter muita criatividade e praticidade ao se vestir pela manhã para enfrentar o dia de trabalho e não se sentir uma cebola sendo descascada.

O que tem mais me incomodado é o ar seco, isso sim é de acabar com a saúde de qualquer um, até meus cães estão sentindo a baixa umidade.

Sábado a noite minha balada foi no pronto atendimento do Centro Médico, fiquei impressionada logo na entrada, o estacionamento é pago, nunca vi isso, ir ao hospital que tem estacionamento e ter que pagar, já achei que tivesse ido ao shopping center e não ao hospital, mas vamos com fé.

O local está em reforma “para melhor atendê-los”, mas falta iluminação no estacionamento pago, será que não pagaram a conta de energia elétrica? Faltam placas de sinalização e indicação que o pronto atendimento é lá no fim do mundo.

Concordo que sou chata, mas o esquema de atendimento é eficiente, deve ter sido inspirado em telemarketing, como sou preparada levei meu tricô, é isso mesmo, tricô, passa o tempo, você pode conversar enquanto espera e ainda faz coisinhas bonitas e quentinhas para doação.

Obra da baixa umidade, o pronto atendimento estava lotado, algumas horas depois estava eu indo embora com o maridão medicado.

A semana começou com calor, mas com previsão de chegada de frente fria, que melhorará a umidade do ar, será, estou de regata e nada de chuva.

Para ajudar, achamos na água do bebedouro do trabalho uma borra não identificada, tipo uma água viva no copo de água, coisa fina!!! Aí complicou a minha vida, não é possível passar sede, já há restrições quanto à comida servida no restaurante, agora não poder beber água é o fim da picada.

Vou montar um esquema de sobrevivência melhor, vou incluir no meu kit garrafa de água, vai ficar mais pesada e cara, fazer o quê?!

Estou precisando de férias isso sim, viajar e curtir a vida. Mais alguns meses e elas chegarão. Desta vez a programação, reservas e roteiros ficaram com o maridão, não sei se isso vai dar certo, homem bom de planejamento é engenheiro, o meu é economista, vamos só ver...Será que vou precisar deixar pronto um plano B?

Ando me divertindo muito nesse inverno com altas temperaturas, a mulherada despenca dos armários as roupas de frios e botas, mesmo que não faça frio para isso, é muito engraçado.

É um festival de botas, casacos, blusões, cachecóis e assim vai, fico eu só vendo e pensando como mulher sofre, tudo isso para usar os hits da estação, sem contar nos abusos, esses então são os mais divertidos.

A mulherada por aí não está nada conservadora no visual, é uma mistura de coisas, gerando um acúmulo de informações na produção que não sei como é possível ter idéia do conjunto.

As pessoas deveriam tirar uma foto antes de sair de casa, principalmente para ir trabalhar, e dar uma olhadinha na tela do computador, analisar criticamente e tenho fé que perceberiam os excessos.

Enquanto isso, a gente vai se divertindo, assim não falta assunto para escrever.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Comidinhas para o Fim de Semana

Com o fim de semana chegando é sempre bom ter uma receitinha diferente para testar e impressionar os amigos, como o clima esquentou um pouco e o friozinho deu uma trégua, garimpei a receita de Canudinhos de Bacalhau, uma delícia para um petisco regado a vinho branco.

Não reclama de preguiça porque é muito fácil de fazer, se você for descolada, compre o bacalhau já dessalgado, assim não precisa perder tempo.

Vamos aos ingredientes:

1 embalagem de canudinhos folhados

200 g de bacalhau salgado ou já dessalgado

2 colheres de sopa de azeite

2 colheres de sopa de cebola bem picada

1 colher de sopa de alho bem picado

2 colheres de sopa de cheiro verde picado

2 colheres de sopa de azeitonas verdes picadas

½ xícara de chá de cream cheese

Preparo:

 
1. Dessalgue o bacalhau, trocando a água várias vezes. Mantenha o peixe de molho em um recipiente na geladeira. Leve o bacalhau, já dessalgado, a uma panela com água e deixe-o cozinhar por 5 minutos. Desfie o peixe depois de frio. Se você optar por usar o bacalhau dessalgado, tente comprar o já desfiado, assim é mais fácil ainda.

2. Em uma panela, aqueça o azeite. Junte a cebola e deixe refogar até ficar transparente. Adicione o alho e, quando ele começar a dourar, coloque o bacalhau desfiado. Deixe refogar um pouco nos temperos.

3. Acrescente o cheiro verde e as azeitonas. Misture.

4. Por último, junte o cream cheese e mexa até que a mistura fique homogênea. Caso fique muito seca, junte água aos poucos até que atinja a consistência desejada, deixando ferver novamente.

5. Recheie os canudinhos com a mistura de bacalhau e arrume-os em um bowl com sal grosso para que eles permaneçam em pé.

Uma dica legal é que essa receita você pode substituir o bacalhau por carne de siri, camarão, carne seca, frango desfiado, palmito, etc. Isso dá muita versatilidade ao prato, abrindo muitas opções de preparo.

Se você gosta de receber os amigos, pense em fazer um festival de canudinhos, com diferentes opções de recheios, prepare a cena com vários bowls, vai ficar lindo e delicioso.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Novidades no Mundo dos Esmaltes

Para quem estava com saudades dos Vidrinhos Coloridos, aqui seguem notícias fresquinhas do mundo dos esmaltes.

Enfim a OPI vai chegar ao Brasil, a marca desembarca em novembro nas farmácias e perfumarias, facilitando a vida das consumidoras, que terão à sua escolha inicialmente 40 cores, por um preço médio de R$ 29,90, ainda um pouco caro se comparado com os preços praticados lá fora, mas é o preço que se paga pela carga tributária e as altas margens.

Esse é o começo para a chegada da OPI, a idéia é termos no mercado nacional a mesma oferta de produtos oferecidos na cartela internacional. Vai ser uma loucura!!!!



As novidades não param com a OPI, a Bourjois traz como tema para a sua mais nova coleção “ 10 Days Nail Enamel”, é isso mesmo meninas, a marca promete que seu novo esmalte permaneça nas unhas por 10 dias, assim você não precisa se preocupar com o esmalte e pode se preocupar com as outras coisas da vida.



A nova coleção custará R$ 35,00, ui, ui, ui, bem carinho, mas além de ter cores modernas, terá um pincel em formato angular, que permite retoques rápidos, mas lembrem-se, a idéia é não se preocupar com esmalte por 10 dias!!!!

A Mavala e a a Revlon trazem suas novidades em tons de lavanda, lançando suas cores “Touch of Provence” por um preço médio de R$ 27,00 e “Lily” por um preço médio de R$ 19,90. As cores são referências claras à lavanda produzida na região da Provence, na França, um luxo de cor, que promete ser tendência para o verão, dando uma sensação de frescor aos dias quentes da estação.




As marcas nacionais não ficarão de fora dos lançamentos, muitas prometem em breve anunciar suas novidades para a próxima estação.

Ana Hickmann já possui sua marca própria de esmaltes, com cores sempre muito antenadas aos principais lançamentos do exterior e agora prepara uma coleção de luxo em laboratórios internacionais. A nova coleção será anunciada no último trimestre do ano, então preparem a curiosidade.

A Pupa ainda não desembarcou por aqui, uma pena, porque seus esmaltes têm cores maravilhosas, além da qualidade de seus produtos, mas com o crescimento do mercado de esmaltes no Brasil, quem sabe não resolvam investir por aqui.



Eu sou suspeita, porque gosto muito da Mavala, Bourjois e da Pupa, acho que são excelentes produtos, com cores lindas e que duram muito bem nas minhas unhas e não são 10 Days Nail. Ainda são esmaltes caros se adquiridos no Brasil, mas não impeditivos, ou seja, dá para comprar sem doer muito o bolso, diferentes das marcas Chanel, Dior e Lancôme.

Nossa, vamos ser francas, que luxo essa coisa de esmalte hoje em dia!!!!

Barbie e Mona Lisa

Da Vinci continua inspirando com sua arte, dessa vez foi a Barbie que ganhou um versão inspirada na famosa Mona Lisa, com o mesmo sorrisinho enigmático, pelo menos na foto de divulgação da boneca o sorriso ficou bem realista.

É uma coleção luxuosa, com roupa inspirada na época e que traz o cunho artístico e luxuoso aos brinquedos, o que me faz pensar aqui com meus botões se esse tipo de brinquedo é feito para crianças ou para adultos...



Fato é que a Barbie com sorriso Mona Lisa ficou bonita e imagino que cara também, muito embora o preço de venda não tenha sido divulgado, mas ela estará nas lojas a partir de agosto.

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Capim Dourado Jalapão

O Capim Dourado do Jalapão é matéria-prima para a confecção de artesanato, peças d decoração, bijouterias e tudo o mais que a criatividade permitir.

O INPI aprovou o pedido de indicação geográfica (IG) de artesanato brasileiro no que diz respeito aos trabalhos manuais confeccionados com o Capim Dourado do Jalapão. Isso significa dizer que houve o reconhecimento de indicação geográfica na categoria indicação de procedência, delimitando a área do Jalapão como fabricante de artesanatos manuais com Capim Dourado.

É o primeiro pedido de indicação geográfica aprovado para produtos de artesanato brasileiro, o que pode parecer sem importância, mas não é, já que o selo de IG abre as portas do comércio internacional para as peças produzidas manualmente no Jalapão com Capim Dourado.

Sem dúvida as comunidades produtoras desses trabalhos manuais no Jalapão vão ganhar destaque comercial e turístico, principalmente na era do politicamente correto e da sustentabilidade.

O Capim Dourado do Jalapão quando colhido entre os meses de setembro e novembro e depois de seco está pronto para ser manuseado e trabalhado, no entanto o desafio de sustentabilidade é fazer a extração controlada da planta que cresce somente entre os meses de abril e junho e corre o risco de extinção na região.

Syngonanthus nitens euriocaulaceae é o nome científico do Capim Dourado, que é bom lembrar, é o único no Brasil com técnicas tradicionais influenciadas pelos índios e primeiros negros que viviam na região do Jalapão.

A comunidade de Munbuca (com n mesmo) é formada por ex escravos remanescentes dos quilombos da região que desenvolveram as técnicas de preparo e manuseio do Capim Dourando, dando forma à peças de beleza ímpar, que podem ser utilizadas na decoração, na moda, etc.

O artesanato produzido na região do Jalapão é a principal fonte de renda das famílias daquela região, por isso a importância do selo de indicação geográfica (IG) do INPI.


Estima-se que com a obtenção da certificação de indicação geográfica o valor de mercado do artesanato produzido com Capim Dourado aumente, proporcionado maior lucratividade para os produtores locais.

Adicionalmente, a certificação normalmente traz excelentes resultados de incremento turístico na região, bom exemplo é o que aconteceu com o Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul, quando obteve a IG para a produção dos vinhos da região o turismo cresceu 300%.

Além disso, o Jalapão é uma região de beleza natural, que proporciona aos seus visitantes espetáculos da natureza, com uma geografia ímpar, atraindo turistas do mundo todo.

Com a aprovação do pedido de indicação geográfica, corre o prazo de 60 dias para que os artesãos do Jalapão efetuem o pagamento da taxa específica ao INPI, de forma que a certificação de IG comece a produzir efeitos.


Dia Mundial do Rock

É hoje, 13 de julho, o Dia Mundial do Rock, para muitos uma data como outra qualquer, mas para os amantes do rock mais um dia para se ouvir música da boa.

Rendo minhas homenagens às bandas, cantores e cantoras de rock que tanto gosto, compartilhando o vídeo abaixo, aumenta o som...


terça-feira, 12 de julho de 2011

Banho Relaxante Para o Friozinho

O friozinho pede um banho quentinho, daqueles que a gente entra e não quer mais sair, mesmo sabendo que não faz bem à saúde, mas o duro é resistir.

Para deixar seu banho mais gostoso e reconfortante, uma idéia muito bacana e simples de fazer é utilizar os sachês de ervas, tantos nos banhos em chuveiros quanto nos de banheira.

É muito simples fazer seu sachê para o banho, veja só:

Sachê para o uso no chuveiro: em uma vasilha de porcelana, macere 30 g de sal marinho, 30 g de alecrim, 30 g de tomilho e 30 g de eucalipto. Acrescente 5 gotas de óleo essencial de lavanda e coloque a mistura sobre o tecido ou saquinho. Prenda o sachê no chuveiro, incline a cabeça para frente e deixe a água percorrer por todo o corpo.

Sachê para uso em banheira: faça um buquê de ervas com um punhado de flores secas de lavanda, camomila e verbena. Coloque-o sobre o tecido ou saquinho e prenda o sachê na torneira da banheira ou deixe-o solto na água quente. Além de relaxar, é um banho estimulante do sono.

Uma dica importante que potencializa o uso do sachê é você fazer uma esfoliação corporal antes do banho, tome seu banho normalmente e depois faça uso do sachê no chuveiro ou na banheira, mas lembre-se, não exagere no tempo de permanência na água, 20 minutos são suficientes.
O mundo está vivendo sucessivas crises financeiras na zona do Euro, o irmão do presidente afegão foi assassinado, a seleção brasileira está sob suspeita na Copa América, a Marta perdeu gols, mas a vida continua e temos que alimentar o espírito, a alma e o corpo!!!!

Então vai uma dica de Creme de Queijo para aquecer as noites frias típicas dessa época do ano.


Ingredientes:

2 pães italianos redondos e pequenos

2 xícaras de leite

250 gramas de requeijão

250 gramas de cream cheese

200 gramas de queijo gruyére ralado

200 gramas de queijo emmenthal ralado

1 pitada de noz moscada

1 pitada de pimenta do reino moída


Preparo:

Corte uma tampa arredondada de cada pão italiano. Retire o miolo dos pães para formar um bowl, tomando o cuidado de não perfurar a casca. Reserve as tampas e o bowl de pão.

Numa panela coloque o leite, o requeijão e o cream cheese. Leve a mistura ao fogo médio. Mexa sempre até que o requeijão e o cream cheese derretam e se incorporem ao leite. Quando a mistura começar a ferver, adicione o gruyére e o emmenthal aos poucos, mexendo sempre para não fazer grumos. Deixe no fogo até que os queijos derretam e a mistura fique homogênea. Junte a noz moscada e a pimenta do reino e misture.

Coloque o creme de queijo bem quente nos pães, decore cada pão com ervas ficas ou salsinha e leve à mesa.

Esse creme combina bem com vinho tinto tipo cabernet-sauvignon ou pinot noir, escolha o que te agrada mais e bom apetite!

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Corra Lola, Corra!

Não sei quanto a você, mas eu tenho sempre a impressão que o fim de semana passa em uma velocidade, no mínimo, o dobro da dos demais dias da semana. O que me faz pensar em muitas coisas.

Por exemplo, o fim de semana tem dois dias, geralmente, e a semana tem cinco dias, geralmente, então é lógico que dois dias passam muito mais rápido do que cinco dias!!!

Mas vamos combinar que não é só isso, o fim de semana é normalmente um período que você se concentra apenas nas coisas que realmente gosta de fazer e não nas que tem obrigação de fazer.

Trabalhar é bom, mas não é a melhor parte da vida, concordo que é uma parcela de importância, mas não a essencial.

Tudo bem que com a contraprestação do trabalho você pode ir atrás das coisas que gosta, planeja suas férias, compra aquelas coisinhas maravilhosas que gostamos, etc, etc, etc, mas é muito chato passar a maior parte do dia trabalhando.

Acho que isso acontece com as pessoas que não tem no trabalho a sua fonte de prazer, sempre ouvi dizer que o melhor da vida é que a melhor coisa da vida é receber por um trabalho que se faria de graça.

Não consegui encontrar isso e sinceramente não tenho essa esperança, sou mais realista, trabalho faz parte da minha vida, gostando ou não e pronto.

Quando a gente não trabalha exatamente com o que nos faz feliz, com pessoas que não nos fazem felizes, em ambientes que nos oprime e sugam nossas melhores energias, não dá para esperar pela segunda-feira ansiosa e saltitante. O que nos deixa saltitantes é a proximidade da sexta-feira.

Percebo que essa é uma realidade que me cerca, várias pessoas com quem convivo vivem essa triste realidade.

É duro constatar isso, não é uma afirmação que me traz prazer. O que me levar a pensar no que estou fazendo para mudar esse cenário, pois reclamar não é do meu perfil, sentar e esperar a vida passar muito menos, então...

Atitude, é isso que deve acontecer em breve, atitude!

Se você está se sentindo trancafiada, infeliz no seu ambiente de trabalho, insatisfeita com seus relacionamentos pessoais, etc, não fique aí esperando a vida passar pela janela, vá atrás, faça a sua parte, pense, reflita e ação, conjugue o verbo, faça e aconteça.

A vida é curta, passa rápido e não há tempo para comodismos e omissões, faça da sua vida o que você tem de melhor, não aceite as coisas passivamente.

Ainda dá tempo, hoje ainda é segunda-feira.

Corra Lola, corra!!!!

sexta-feira, 8 de julho de 2011

E para o Fim de Semana...

Mais um fim de semana de frio chegando e no estado de SP amanhã, dia 9 de julho é feriado, então alguns estabelecimentos comerciais estarão fechados.

Você pode se programar para assistir a um dos filmes do Festival de Cinema de Paulínia, que começou ontem, dia 07, e vai até o dia 14, as apresentações são gratuitas.

Como hoje, dia 08, é dia do padeiro, você pode aproveitar o friozinho da noite e curtir um buffet de cremes e sopas nas padarias da cidade, é uma boa alternativa para espantar o frio.

Tem ainda o lançamento de Cilada.com, com Bruno Mazzeo, que promete muita diversão, gargalhadas e bom humor.

Se você estiver disposto a ir passear em São Paulo, recomendo que vá conhecer o restaurante grego Acrópoles, é uma excelente pedida de comida grega, em um lugar gostoso e bem ao estilo das antigas casas que serviam boa comida, com garçons gente boa, mesinhas de bar e clima do interior. Tudo lá é delicioso, mas um dos destaques da casa é o tradicional mussaká e para você que é vegetariana, não se preocupe, tem a versão vegetariana com espinafre e ricota , experimente, fica na rua da Graça, 364, no Bom Retiro, mas não se surpreenda se encontrar uma fila de espera de 40 minutos, resista, vale a pena.

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Ansiedade

Vivemos tempos difífeis mesmo, porque cada vez mais cresce o número de pessoas que se tornam ansiosas, mas não é aquela ansiedadezinha não, é daquelas que a pessoa tem que tomar um sossega leão senão ninguém aguenta, nem ela se aguenta.

É doença nova essa tal de ansiedade, me lembro quando criança que as pessoas não sofriam tanto com essas coisas e olha que naquela época as coisas não eram tão fáceis de se conseguir como hoje.

Não dá para crer na teoria da evolução, não consigo ver que o ser humano está evoluindo, a cada ano que passa as pessoas pioram, os males atrelados à emoção, psiquê, etc aumentam.

Vivemos em uma socidade medicada, é difícil encontrar uma pessoa que não consuma ao menos um medicamento rotineiramente.

São pílulas para tudo, mas as pessoas não melhoram, só criam dependência química, mas não encontram o equilíbrio.

Vejo no meu circulo de convívio a quantidade de pesssoas atacadas pelo bichinho da ansiedade, é uma histeria coletiva em bsuca de soluções para anteontem, remédios para dormir, ansiolíticos, mas me pergunto qual a parcela de sacrifício que cada um está disposto a dar pela melhora?

Porque tomar remédio é fácil, o difícil é se auto analisar e buscar a causa raiz da ansiedade desenfreada, mas isso mexe com feridas antigas, dói e poucos estão dispostos a tanto, o remedinho é mais fácil.

Há ainda os que descontam tudo na comida, saem comendo tudo que encontram pela frente, sem falar no consumo excessivo de açúcar.

Os mecanismos de fuga do ser humano são realmente inacreditáveis, mas ainda creio que buscar se auto analisar, se entender é muito mais eficaz do que comer e tomar remédios, mas não é fácil e exige sacrifício.

Em breve teremos um contingente de pessoas desequilibradas, dependentes químicas, obesas e inaptas para o convívio, provocando não apenas um problema de saúde pública.

O mundo globalizado, do consumismo exacerbado, contribuem para o aumento desse contingente, as pessoas não conseguem fazer as coisas com calma, aguardar os resultados, planejar, não há mais isso, vivemos na era do instantâneo.

Resta saber se todos estão preparados para pagar o alto preço por essa modernidade toda. Até alguns anos atrás não existia computador, internet, telefone celular, twuitter, facebook, conexão em tempo integral e as pessoas viviam mais felizes e relaxadas.

Aproveitava-se muito mais o convívio com os outros, a vida virtual aniquila a interação social e física, sobrando muito tempo para as pessoas ficarem com cabeça vazia e ansiosas.

terça-feira, 5 de julho de 2011

Mais Novidades da MAC

A MAC não para de lançar novidades no mercado, dessa vez a inspiração veio do Brasil e a marca lança em setembro a coleção criada com base em 4 diferentes pedras semipreciosas brasileiras: a bronzita, a turmalina preta, a pirita dourada e a lepidolita lilás.



Foram desenvolvidas sombras, blushes, iluminadores de alta pureza, pós, nova linha de pincéis, batons, gloss e máscaras, todos com alto grau de pureza, brilho e cores intensas.

Não chegou ainda no Brasil, mas em setembro a coleção Semi Precious estará disponível nas lojas, se você viajar pode trazer dos EUA a preços sempre melhores dos praticados aqui.

Se não vai ter que esperar mesmo, fazer o quê?!

Vejam a coleção Semi Precious:



segunda-feira, 4 de julho de 2011

É Terráquea? Então tem Celulite!

Não sei quanto a você, mas eu cansei de ver na mídia inúmeras publicações sobre aproveitar o tempo até o verão chegar para colocar o corpo em forma, exterminar a celulite, revogar a atuação da lei da gravidade nos seus músculos, fazer clareamento dos dentes, secar os vasinhos das pernas, etc, etc, etc.

Sem contar as dietas milagrosas, aquelas que farão você perder instantaneamente os quilos extras que levou alguns anos para conseguir.

Tudo é muito tentador, mas quanto disso tudo é realmente necessário na sua vida?

Essa é a pergunta que não quer calar, pois corpo perfeito como o das moças das revistas não vai rolar, porque esse é um milagre do photoshop, pessoalmente, ao vivo e a cores elas são apresentáveis, mas não perfeitas.

Que indústria tão poderosa é essa que incurte na cabeça de tanta gente a necessidade de ser perfeita? Não existe perfeição nesse mundo, apenas gente normal, que busca minimizar os defeitos que mais lhe incomodam, ponto.

Ser feliz consigo mesma não significa ter um corpo escultural, a boca da Angelina Joly, o shape da Gisele Bundchen, o sorriso da Julia Roberts, os músculos da Madonna e assim sucessivamente, isso seria uma aberração e não da natureza.

Fico aqui pensando com os meus botões que essa pressão toda é muito mais fruto da exigência pessoal de cada uma do que da indústria do corpo perfeito.

Não sei qual o mecanismo que move essa mulherada a gastar tanto com academias, plásticas, clínicas de estética, dietas malucas...deve ser uma válvula de escape de alguma frustração. O pior que está contagiando os homens também, já não se faz mais aquele modelito comum, cheio de charme, mas sim aqueles metrossexuais que deixam uma dúvida no ar, será que é ou não?

Buscar saúde, equilíbrio mental, bem estar, as pazes com o espelho e as roupas é algo desejável, mas ultrapassar os limites transforma qualquer uma em neurótica, além de deixar a pessoa insuportável para o convívio.

Tenho uma amiga que é profissional de educação física, de bem com a vida e com o corpo, ela sempre me disse que ao observar as pessoas em uma academia visualiza claramente dois grupos: (i) os neuróticos, que vão lá para extravasar suas frustrações em busca de um corpo perfeito, de alguém que os ouça, de alguém que os admire, etc e (ii) os que vão apenas fazer um pouco de atividade física para conseguir colocar as meias sem maiores problemas com a falta de flexibilidade.

Acho que ela tem razão, nas lojas de shoppings centers temos a mesma situação, o consumismo desenfreado para compensar algo e quem busque apenas uma roupictha nova.

Chega de programa especial para eliminar pesos, programa completo para acabar com a celulite, vamos combinar que minha amiga Robertinha tem toda razão, aceite as celulites, pois se você é terráquea, tem celulite. O segrego é apenas manter a bichinha sob controle, assim como o peso, é o básico gente.

Quem inventou essa história de que celulite é feio foi alguma mulher mal amada que quis se vingar da amiga que roubou o seu marido. Pergunte ao seu namorado, marido, namorido, ficante se ele tá assim tão preocupado com as suas celulites que você vai se surpreender com a resposta.

Você já ouviu aquela historinha de que as mulheres se vestem para as outras mulheres invejarem e não para os homens admirarem?! Pois é fato.

Homem que é homem no sentido exato da palavra não fica reparando assim na sua roupa, se você está com 2kgs acima do peso, se a celulite está aparecendo e coisas do tipo, o cara quer mais saber se a mulher é espirituosa, alegre, de bem com a visa, sexy, boa de cama, capaz de despertar emoções, etc.

Então minha amiga, não fique se cobrando pelo que eles não te cobram, mas, por favor, vamos combinar que não dá para relaxar geral, não há quem agüente o desleixo absoluto.

domingo, 3 de julho de 2011

Extinção dos Dinossauros

Ontem, dia 02 de julho, faleceu o ex-presidente Itamar Franco, depois de ouvir a notícia fiquei pensando com os meus botões que em menos de 12 meses vários dinossauros políticos se foram, vejam só:

26/10/2010 - Romeu Tuma
24/12/2010 - Quércia                                 
29/03/2011 - Zé Alencar
02/07/2011 - Itamar Franco

Não pesquisei, mas tenho certeza que não foram os únicos dinossauros que se foram, deve ter mais algum que não me lembrei, de toda forma continuo pensando, será que eles estão se extinguindo?

Também de scanear minha memória me lembrei de alguns nomes que estão na lista de extinção, mas ainda nada!!!

Conversando com uma amiga sobre essa retrospectiva jurássica, ela apontou outra preocupação, muito legítima, diga-se de passagem, que se foram não há dúvidas, mas para onde será que vão?

Sinceramente não me interessa para onde vão, seja onde for tenho dó do tal lugar...imagina a próxima campanha eleitoral do lugar !!!

Quem se arrisca a fazer um draft do próximo obtuário?

Boa semana a todos.