terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Los Hermanos

Cooperação com “los hermanos” na investigação de assalto a banco na Argentina vira notícia. Fato corriqueiro entre países com relações diplomáticas, mas não deixa de ser engraçado imaginar que os criminosos que aqui condenados e livres por cumprimento de pena tenham possivelmente executado plano semelhante em assalto em Buenos Aires.

Será que esse é o espírito de MERCOSUL, interação entre os povos, com o compartilhamento comercial levado tão ao pé da letra assim, a ponto de dividir roubos?

Vivemos de fato em um mundo globalizado, na era da informação e da portabilidade.

Para quem não acompanhou o caso na imprensa, no fim do ano uma quadrilha passou 6 dias envolvida full time na execução do roubo da agência do Banco Provincia no bairro Belgrano, em Buenos Aires.

A operação foi descoberta apenas no dia 03/01/11 quando a agência foi aberta ao público após festividades de fim de ano. Um sucesso, sem disparo de alarme e de tiros.

O método de agir é muito semelhante ao empregado em dois roubos a bancos no Brasil, um no Banco Central em 2005 e o outro no Banrisul em 2006.

A Polícia Federal ofereceu às autoridades portenhas ajuda com o compartilhamento de informações levantadas durante as investigações feitas no Brasil.

Muito pitoresco imaginar a cena de agentes da PF reunidos com Promotor e outras autoridades portenhas para debruçarem sobre o assunto, seria cômico se não fosse louvável.

Os brasileiro não invadem apenas Buenos Aires como turistas com poder aquisitivo alto, provocado pela bonança de câmbio em relação à moeda argentina, mas por motivos muito mais nobres, que bom!

Mas ainda aproveitar a oportunidade para tomar um café no Tortoni, apreciar um helado no verão portenho e quem sabe, de quebra, ainda fazer um passeio pelo Tigres não tem preço!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!!