segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Eleições 2010 - Surpresas....

Confesso que foi uma grata surpresa ver o desempenho do Aloysio Nunes nas urnas paulistas, foi o Senador mais votado, um resultado que superou todas as expectativas, mostrou que o povo paulista é politizado e sabe quem quer para o representar no Senado. A segunda vaga ficou com Marta Suplicy, numa disputa acirrada com Netinho.

Não consigo entender como uma feminista, que defendeu a bandeira dos direitos iguais entre mulheres e homens e foi ícone nos anos 80 aceita ser aliada política de um homem acusado de bater em mulher, de não respeitar direitos humanos básicos, é a incoerência da política brasileira, uma feminista sexóloga que pede votos para o aliado burguês do PC do B que vive em bairro nobre, cercado de segurança e privilégios que os comunistas nunca terão acesso....

Já em relação aos Deputados Federais não houve supresa, o Tiririca foi eleito com mais de 1.3 milhão de votos, passando a ser o recordista, mas é lamentável que o povo paulista entregue ao palhaço (sem demérito  para a profissão) a responsabilidade que o cargo exige, Tiririca tem toda razão, teremos que o engolir por no mínimo 4 anos! 

Fiquei chocada ao ouvir entre muitos jovens que votariam no Tiririca porque é engraçado, não há graça nenhuma em termos um Deputado Federal tão votado quanto ele, que puxará outros vários Deputados da sua coligação por força da forma, mas é isso aí, a democracia nos faz engolir cada coisa....

Não tão expressiva a diferença que garantiu a vitória em primeiro turno a Alckimin como governador do estado de São Paulo, mas mais uma vez os paulistas mostraram ao Brasil que aqui o Lula não manda, não adianta desembarcar em São Paulo com sua popularidade de miseráveis e dizer aos quatro cantos que os Tucanos já tiveram sua chance de governar São Paulo, que agora é a vez do PT.



Ora, ora Lula, aqui a vez é de quem os eleitores entendem que tenham condições plenas de administrar o maior estado do Brasil, não é para amadores como Mercandante e sua turma petista, São Paulo precisa de gente muito mais que capacitada academicamente, mas com experiência gestora e as urnas assim comprovaram.

A democracia presenteou-nos com a possibilidade de um segundo turno para presidência, desbancando a arrogância e a impáfia de Lula e sua pupila. Marina teve um papel importantíssimo nesse cenário e mostrou sua força.

A arrogância foi tamanha que a festa da vitória de Dilma estava pronta em Brasília, acreditaram mesmo que o Brasil sucumbiria mais uma vez ao autoritarismo com o mote de esquerda, é aquele velho ditado já tão observado na história da humanidade, de oprimidos a opressores, discurso populista, ações paternalistas e assistencialistas, sem a responsabilidade da educação, formando massas incapazes de pensar e formar opinão, mas fortes currais eleitorais, mudou muito pouco do que antigamente se chamava de coronelismo no Nordeste.

A festa cedeu lugar às caras de derrota, de como isso foi acontecer, tiveram que descer do salto alto e assumir que as coisas mudaram, não houve a aprovação pelo continuismo Lulista, quem viu o discurso desmelinguido de Dilma viu também a cara de quem errou de barco de Michel Temer, o PMDB pode ter abraçado o candidato errado.

Agora é uma nova eleição que virá, com nova campanha e essa é a hora de atentarmos para o fato de que não existe político ideal, mas político melhor preparado, com mais experiência, com programa de governo factível, pense nisso.

Vamos continuar trazendo textos sobre política, a internet é uma ferramenta decisiva nas eleições, nas últimas semanas circularam e-mails com o CV dos candidatos a Senado por SP e  isso colaborou muito para os resultados de Aloysio Nunes e de Ricardo Young, mesmo que este último não tenha sido eleito, mas a força da internet deve ser usada e explorada com responsabilidade.

Boa semana a todos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!!