terça-feira, 1 de junho de 2010

Boa Pedida pro Feriado

O feriado prolongado está chegando e você ainda pode ter tempo para programar uma viagem para curtir e relaxar num ambinete típico de baixas temperaturas, aproveite que o frio está se intensificando e descubra as possibilidades que te agurdam.

As opções para curtir o inverno são variadas e, mesmo não sendo a estação que mais combina com o Brasil tropical, é preciso planejar a viagem e fazer reserva com uma certa antecedência, mas você pode arriscar conseguir uma boa reserva mesmo assim tão em cima da hora. As atrações do inverno cativam cada vez mais o brasileiro.



O frio da montanha, do circuito das águas, ou do sossego de Minas Gerais podem ser sua melhor opção.



Campos do Jordão são as primeiras referências quando se fala em inverno no Brasil. São cidades que lembram requinte nesta época do ano, mas Serra Negra, no Circuito das Águas paulista, e Monte Verde, no Sul de Minas, também já caíram no gosto dos que não dispensam uma boa programação para o inverno.


Monte Verde:



Monte Verde, localizada a 160 quilômetros de São Paulo, é o retrato do sossego, típico de uma estância climática serrana. O clima é frio e seco no inverno e os termômetros chegam a marcar -10 graus. A pequena cidade, de 5 mil habitantes, preserva características européias e um clima romântico, associado ao turismo ecológico.



Com cerca de 150 hotéis e pousadas, Monte Verde está no alto da Serra da Mantiqueira, a 1.500 metros de altitude, e tem nas trilhas uma das principais opções aos turistas. Entre elas estão a trilha do Pinheiro Velho. Pelas trilhas, também é possível chegar a pontos conhecidos pela beleza, como o Chapéu do Bispo, Pedra Redonda e Pedra Partida.

Os mais aventureiros podem praticar o rafting no Rio Jaguary, entre Monte Verde e Camanducaia. O acesso à estância é pela Fernão Dias (BR-381). De carro, segue até Camanducaia e depois percorre mais 30 quilômetros, seguindo as placas de sinalização até a cidade.






Serra Negra:




O Circuito das Águas, no interior de São Paulo, já é destino de muitos turistas no inverno, e está roubando ainda mais a cena por causa da crise aérea, com as pessoas fugindo dos aeroportos e botando o carro na estrada, em roteiros mais próximos. Neste cenário, Serra Negra é uma das principais cidades, entre as oito que integram o roteiro.










“Estamos com mais de 110 atrações o mês todo”, diz Fernando Moreira Júnior, secretário de Cultura e Turismo da estância hidromineral, referindo-se aos shows musicais e peças de teatro nos finais de semana. As fontes de águas naturais são uma das atrações de Serra Negra, cuja população de 25 mil habitantes chega a triplicar na alta temporada. O charme da montanha, a gastronomia bem conceituada, com cozinhas italianas, suíça e francesa, entre outras, e os passeios rurais estão entre as várias atrações.










A rota do queijo é um dos passeios mais solicitados em Serra Negra, que oferece um tour pela zona rural onde o turista pode conhecer os produtores, degustar e comprar os produtos diretamente da fonte. São 59 hotéis na cidade, com diária a partir de R$ 90. O secretário de Turismo afirma que está sendo desenvolvido um trabalho para integrar as oito cidades do circuito. Entre elas está Monte Alegre do Sul, que sedia um festival de inverno até o final de julho.









Campos do Jordão:

 
Campos do Jordão, a charmosa e fria cidade localizada no Vale do Paraíba, sedia sua 38ª edição do famoso Festival de Inverno, que tem uma programação cultural sofisticada. Bem estruturada, com dezenas de hotéis e pousadas, a cidade é ponto de referência do paulistano no inverno, principalmente nos fins de semana.



A 167 quilômetros de São Paulo, o acesso a Campos do Jordão é pelo Via Dutra (BR-116), depois pela Floriano Rodrigues Pinheiro (SP-123). O turista também pode chegar pelas rodovias Ayrton Senna e Carvalho Pinto.


Com ótimos roteiros de passeios pra se fazer, você pode conhecer o Palácio do Governo, o Auditório Claudio Santoro, a Estrada de Ferro com o charmoso trenzinho, o Horto Florestal  e muito mais.



Sem deixar de passar pelas inúmeras casas que oferecem o delícioso chocolate artesal, que além de fazer bem aos olhos, alimenta a alma e os sentidos, caia nessa tentação!




A gastronomia oferce muitas opções de delícias e tentações pra se ver, provar e levar pra casa, você terá oportunidade de passar por vários estabelecimentos que produzem doces ateresanis, comida típicas suiça, alemã e outras delícias brasileira. Os foundes são sempre uma aventura gastronômica à parte e vale a pena experimentar, acompanhado de um bom vinho, será sucesso garantido

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar!!